Robert Plant celebra o 50º aniversário do Led Zeppelin e garante que haverá surpresas

O Led Zeppelin completará 50 anos de sua formação em 2018, e a data não será esquecida pela banda. Em entrevista ao site The Current, o vocalista Robert Plant explicou que os membros da banda irão discutir a melhor forma de celebrar este acontecimento. “Vai ser difícil encontrar material inédito, além do que não são apenas 50 anos de carreira, como também serão 38 desde a morte do [baterista] John Bonham”, disse.

Sobre essa ausência de músicas inéditas, Plant tentou explicar: “De certa forma, gostaria que tivéssemos mais coisas para mostrar, mas vai haver um livro de fotografias, entre outras coisas. Algumas [dessas coisas] vão ser particularmente interessantes. Além disso, musicalmente, há umas coisinhas por aí. Mas nenhum álbum inteiro”.

Robert Plant deixa, no entanto, uma promessa: “O champanhe será aberto. Haverá uma celebração, com certeza”. Mas, de toda forma, os fãs nem precisam alimentar a esperança de shows. Numa entrevista recente, o guitarrista Jimmy Page disse que “tinha muitas dúvidas” de que a banda regressaria aos palcos.

O post Robert Plant celebra o 50º aniversário do Led Zeppelin e garante que haverá surpresas apareceu primeiro em Portal ROCKline | É só rock'n'roll!!!.


Fonte: http://portalrockline.com.br/robert-plant-celebra-o-50o-aniversario-do-led-zeppelin-e-garante-que-havera-surpresas

Pitty começará a compor novas músicas para o álbum sucessor a “SETEVIDAS” em março

Quatro anos após lançar SETEVIDAS e curtir a experiência da maternidade, Pitty começará a compor as canções de seu próximo álbum a partir do próximo mês. O lançamento de seu quinto trabalho de inéditas está previsto para agosto, de acordo com a gravadora Deck. A informação é da colunista Mônica Bergamo, da Folha de São Paulo.

No ano passado, a baiana se juntou à Elza Soares no dueto “Na Pele”, cuja letra havia sido composta há alguns anos, mas ficou engavetada. Até que surgiu a ideia de enviá-la para a veterana cantora, que de cara a convidou para gravar juntas.

O post Pitty começará a compor novas músicas para o álbum sucessor a “SETEVIDAS” em março apareceu primeiro em Portal ROCKline | É só rock'n'roll!!!.


Fonte: http://portalrockline.com.br/pitty-comecara-compor-novas-musicas-para-o-album-sucessor-setevidas-em-marco

Alheio às próprias limitações físicas, Phil Collins põe público pra dançar em noite histórica no Maracanã

Foto: Marcos Serra Lima

Foram mais de três décadas de espera. Mas na noite desta quinta-feira (22), os cariocas presenciaram aquele que talvez seja o último hitmaker dos anos 80 a pisar em terras brasileiras. Phil Collins subiu ao palco pontualmente às 21h30 e deve ter deixado boa parte do público preocupado com tamanha fragilidade física. Aos 67 anos, o músico precisa de uma bengala para locomover-se até uma cadeira no centro do palco, onde passaria o show inteiro. Mas aos primeiros acordes de “Against All Odds” (1984) e o irresistível refrão “Take a look at me now” (“Dê uma olhada em mim agora”) faz a plateia encher o peito, soltar a voz e transforma o gramado em um ambiente de ternura.

Na sequência “Another Day In Paradise” (1989), outro daqueles baladões, mantém o volume nas alturas e deixa a impressão de que a noite seria puramente romântica. Ledo engano. “I Missed Again” (1981) e “Hang In Long Enough” (1989) já colocam o público pra dançar – muito por conta do auxílio luxuoso de um quarteto de peso: os trompetistas Harry Kim e Dan Fornero, o saxofonista George Shelby e Luis Bonilla, que assume o trombone.

Em suas turnês solo, Phil não costumava tocar com tanta frequência canções de sua antiga banda, o Genesis, com quem esteve uma única vez no Brasil, em 1977. Mas nesta “Not Dead Yet Tour”, o baterista que virou vocalista resgatou algumas preciosidades de sua fase como frontman e recuperou “Throwing It All Away” (1986), que apareceu pela primeira vez nesta tour, e na sequência “Follow You, Follow Me” (1978), o primeiro grande hit da banda por aqui e que fez parte da trilha da novela Dancin’ Days, sucesso de público. Nos telões, fotos suas com os antigos companheiros Tony Banks, Peter Gabriel, Anthony Phillips, Mike Rutherford, Chris Stewart, John Silver, John Mayhew, Mick Barnard, Steve Hackett e Ray Wilson.

Foto: Marcos Serra Lima

A vocalista de apoio Bridgette Bryant brilha ao lado do chefe em “Separate Lives” (1985), um momento em que a plateia não se conteve em aplaudir diversas vezes durante a apresentação. “Something Happened On The Way To Heaven” (1989) joga o clima para o alto novamente e prepara para um dos momentos mais emocionantes da noite: o jogo de câmeras entre pai e filho, o baterista Nic Collins, de apenas 16 anos, em “In The Air Tonight” (1981). A dramaticidade da canção é reforçada a partir do momento em que o famoso solo de bateria é executado por Nic enquanto Phil tenta alcançar as notas mais altas e suas expressões denotam considerável dor física.

Vale ressaltar o porque do estado físico do cantor ser preocupante. Durante a última turnê do Genesis, em 2009, Phil lesionou uma das vértebras do pescoço e desde então tem grande dificuldade para andar (por isso o uso da bengala). Além disto, perdeu parte da sensibilidade das mãos, o que o impossibilita de tocar piano e, principalmente, a bateria, instrumento pelo qual tornou-se famoso nos anos 70.

Phil reservou para a sequência final uma seleção matadora de hits dançantes. Enfileirou “You Can’t Hurry Love” (single das Supremes que regravou em 1982), “Dance Into The Light” (1996), “Invisible Touch” (mais uma faixa do Genesis, de 1986), “Easy Lover” (megahit que gravou ao lado de Philip Bailey, do Earth, Wind & Fire, em 1984) e “Sussudio” (1985), com direito a breve esquecimento da letra e explosão de confetes e serpentinas coloridas, num momento que a cidade acaba de se despedir do carnaval. O relógio apontava 23h quando Phil e seus velhos escudeiros, como o baixista Leland Sklar e o guitarrista Daryl Stuermer, se despediram pela primeira vez do palco.

Foto: Marcos Serra Lima

Não demorou muito para que todos voltassem para apresentarem “Take Me Home” (1985) e encerrarem os trabalhos após 100 minutos britânicos. Se há um senão sobre o show seria a “curta” duração, o que fez com que Phil deixasse uma vasta lista de clássicos de fora: “One More Night” (1985), “Two Hearts” (1988), “Do You Remember” (1989), “I Wish It Would Rain Down” (1989), “True Colors” (1998) e a ausência mais sentida da noite, “You’ll Be In My Heart” (1999), da trilha-sonora do filme Tarzan, que rendeu o Globo de Ouro e o Oscar ao cantor. Ainda assim, uma noite memorável para os paulistanos que verão o show nos dias 24 e 25 no Allianz Parque e para os gaúchos que irão ao Estádio Beira Rio no dia 27.

SETLIST:
Against All Odds (Take a Look at Me Now)
Another Day in Paradise
I Missed Again
Hang in Long Enough
Wake Up Call
Throwing It All Away
Follow You Follow Me
Only You Know and I Know
Separate Lives
Something Happened on the Way to Heaven
In the Air Tonight
You Can’t Hurry Love
Dance Into the Light
Invisible Touch
Easy Lover
Sussudio

BIS:
Take Me Home

Cotação: ****

O post Alheio às próprias limitações físicas, Phil Collins põe público pra dançar em noite histórica no Maracanã apareceu primeiro em Portal ROCKline | É só rock'n'roll!!!.


Fonte: http://portalrockline.com.br/alheio-as-proprias-limitacoes-fisicas-phil-collins-poe-publico-pra-dancar-em-noite-historica-no-maracana

Supostos shows do Arctic Monkeys em Sheffield não irão acontecer

Um balde de água fria nos fãs! Depois de muita especulação e rumores sobre shows do Arctic Monkeys em Sheffield, no Reino Unido, a notícia foi desmentida pelo conselho da cidade.

No início dessa semana, os fãs britânicos do Arctic Monkeys ficaram animados, pois uma série de rumores apontavam para realização de grandes shows da banda em sua cidade natal, no Parque Hillsborough, em setembro.

A notícia começou a circular depois que uma revista local, a Vibe, confirmou através de fontes próximas ao grupo que eles eram os mandantes de uma solicitação de uso do parque por quatro noites, com shows de música ao vivo e venda de alguns produtos.

Entretanto, mais tarde, a revista entrou em contato com o conselho da cidade de Sheffield e recebeu a notícia que ninguém queria. O conselho afirmou que a solicitação em questão foi retirada pelo mandante e que as notícias que já apareciam no site oficial da cidade serão deletadas o quanto antes.

“Podemos confirmar que a SJM Concerts retirou a solicitação de licença de uso do Hillsborough Park. Ainda não sabemos o motivo,” disse o responsável.

Mesmo sem os shows “me casa”, o Arctic Monkeys já confirmou algumas apresentações no verão europeu e tudo indica que o sexto e aguardado álbum da banda seja anunciado muito em breve.

O post Supostos shows do Arctic Monkeys em Sheffield não irão acontecer apareceu primeiro em Portal ROCKline | É só rock'n'roll!!!.


Fonte: http://portalrockline.com.br/supostos-shows-do-arctic-monkeys-em-sheffield-nao-irao-acontecer

Humberto Gessinger lança última inédita antes de DVD; veja o clipe de “Saudade Zero”

A quarta e última música inédita de Humberto Gessinger antes da estreia de seu mais novo DVD foi finalmente lançada. “Saudade Zero” estreou nas plataformas de streaming e lojas online nesta sexta-feira (23/2) como prometido. O clipe também foi disponibilizado nesta manhã.

Assista abaixo:

Além de “Saudade Zero”, nos últimos meses Humberto também liberou “Das Tripas Coração”, “Pra Caramba” e “Cadê?”. O DVD sai em março pela Deck.

O post Humberto Gessinger lança última inédita antes de DVD; veja o clipe de “Saudade Zero” apareceu primeiro em Portal ROCKline | É só rock'n'roll!!!.


Fonte: http://portalrockline.com.br/humberto-gessinger-lanca-ultima-inedita-antes-de-dvd-veja-o-clipe-de-saudade-zero

Paula Toller regrava sucesso do Charlie Brown Jr, ouça “Céu Azul”

Saiu nesta semana o novo single de Paula Toller, ex-vocalista do Kid Abelha. Trata-se de uma regravação de um grande sucesso do Charlie Brown Jr, “Céu Azul”, lançado pela banda santista em dezembro de 2011, como single do álbum “Música Popular Caiçara” (2012).

A faixa já faz parte do setlist da cantora desde o ano passado, quando Paula estreou seu novo show “Como Eu Quero” em São Paulo. Na apresentação, ela traz uma série de releituras que marcaram sua carreira solo e também a sua trajetória no Kid Abelha, com uma pegada mais rock e folk.

Ainda nesse começo de 2018, Paula Toller gravará o DVD de sua turnê, que terá produção de Liminha.

O post Paula Toller regrava sucesso do Charlie Brown Jr, ouça “Céu Azul” apareceu primeiro em Portal ROCKline | É só rock'n'roll!!!.


Fonte: http://portalrockline.com.br/paula-toller-regrava-sucesso-do-charlie-brown-jr-ouca-ceu-azul

DOUBLE EXPERIENCE: Nerd Rockers lançam novo single ‘AI Freaks Me Out’

Atualmente em sua turnê europeia apoiando o Hed PE juntamente com a Conveyer, os canadenses, Nerd-Rockers, DOUBLE EXPERIENCE revelam seu novo single “AI Freaks Me Out”. Uma faixa sobre nossos novos senhores robóticos que virão após nossa dependência da tecnologia falhar e os humanos serem derrubados.

Ouça “AI Freaks Me Out” nos seguintes links:

Youtube: https://youtu.be/zbf5ZOvow4E
Spotify: https://tinyurl.com/yb589sbf

Em outras novidades, o DOUBLE EXPERIENCE divulgou anteriormente o single/video da música ‘The Pilot’, do vindouro quarto álbum ‘Rock (Geology)’, sucessor de ‘Unsaved Progress’, 2016, um álbum que incluiu o single ‘The Glimmer Shot’; música com temática do video game Destiny, que ganhou elogios dos criadores do jogo, além de um cover de ‘Godzilla’ da Blue Oyster Cult.

Clipe de ‘The Pilot’: https://youtu.be/-P0gG0sp00c

Álbum ‘Unsaved Progress’, ouça aqui: https://soundcloud.com/doubleexperience/sets/double-experience-album-full-stream%C2%A0

Conheça mais da banda:
http://www.facebook.com/doubleexperience

Fonte: Asher Media



Fonte: Metal Media

RED CAIN: Estreando novo videoclipe ‘Snakebouquet’ via Bravewords.com

Nascido da cena emergente de Calgary, Canadá, o RED CAIN é um projeto de modern melodic metal com raízes europeias. Com musica intrincada, uma sensação pesada e melódica remanescente de atos progressivos e elementos ambientais, RED CAIN gera um estilo musical fluido, dinâmico e único, centrado em contar sagas faustianas negras e conceituais e construí-las em uma experiência inesquecível ao vivo.

Descrito pelo líder, Evgeniy Zayarny, como querendo trazer de volta o misticismo da “música do diabo”, muitas vezes desaparecido no metal moderno. Os ouvintes podem sentir elementos que relembrem bandas como Kamelot, Symphony X, Tesseract, Draconian, Marilyn Manson, lançados em uma nova forma venenosa. A atual encarnação da banda é todas essas influências misturadas com muita vodca e melancolia da Europa Oriental, abalada e agitada.

Lançando seu EP auto-intitulado em 2016, o RED CAIN está retornando em 2018 com seu primeiro título completo intitulado ‘Kindred’ planejado para lançamento este ano. Produzido por Sascha Laskow (Every Hour Kills, ex-Divinity) com a banda no Perfect Filth Studios, o RED CAIN está lançando seu novo vídeo para o seu primeiro single ‘Snakebouquet’ estrelado exclusivamente em Bravewords:

http://bravewords.com/news/exclusive-red-cain-premier-snakebouquet-video

O single também pode ser baixado no Bandcamp aqui: https://redcain.bandcamp.com/track/snakebouquet-single

Conheça mais da banda:
http://facebook.com/redcainofficial

Fonte: Asher Media



Fonte: Metal Media

DYSNOMIA: ‘Anagnorisis’ já está disponível para venda

Já está disponível para venda o segundo álbum de uma das grandes promessas do Metal nacional: a banda paulista DYSNOMIA.

Batizado de ‘Anagnorisis’, o álbum, sucessor de ‘Proselyte’, mostra a banda seguindo o mesmo caminho do anterior com músicas pesadas, complexas e letras embebidas em filosofia e questionamentos. O diferencial do disco é toda a maturidade conquistada pelo grupo em um álbum ainda superior.

Para comprar o disco e também o merchandise oficial do DYSNOMIA, basta entrar em contato com a banda por e-mail, Facebook ou pelo link:

https://www.facebook.com/dysnomiabr/app/206803572685797/

‘Anagnorisis’ foi gravado no Nova Estúdio e foi produzido por Érik Robert e Gabriel do Vale. O álbum tem oito faixas e a arte da capa foi criada pelo brasileiro Carlos Fides (Evergrey, Kamelot, Adrenaline Mob, Almah).

O grupo recentemente liberou o primeiro single retirado do novo disco para a faixa ‘The Fall of Phaethon’. Postado em forma de lyric video, o trabalho de edição foi desenvolvido pelo lendário músico e designer Wanderley Perna:

YouTube: https://www.youtube.com/watch?v=v14ZXB2EVx0
Facebook: https://www.facebook.com/dysnomiabr/videos/1550899078296485/

Contatos: dysnomiametal@gmail.com

Sites relacionados:
www.dysnomia.com.br
www.facebook.com/dysnomiabr
www.metalmedia.com.br/dysnomia



Fonte: Metal Media

SAVE OUR SOULS: Confira novo videoclipe com letra e tradução

Além de investir em música ainda mais complexa e madura, o SAVE OUR SOULS também tratou a letra de ‘The Dark Passenger’ com muito cuidado. Agora, atendendo a pedidos, a banda liberou no vídeo as legendas para que todos possam acompanhar a letra e, no caso do Youtube, a tradução do single.

Para assistir ao vídeo, visite um dos links:

Facebook: https://www.facebook.com/RomanRoadsArtistsEnabler/videos/2001009336590580/

YouTube: https://www.youtube.com/watch?v=3sn_sYNtyB4

O clipe teve produção da Roman Roads Artist Enabler, com direção/edição de Luiz Argimon, direção de arte de Celso Zanini, colorização por QG Filmz, make-up por Analú Santos e foi gravado no estúdio do Complexo Artístico RR44 e no Teatro Nilton Filho.

Já a música foi gravada no estúdio Monostereo e Dry House com produção do renomado músico/produtor Renato Osorio e mixagem de Benhur Lima. A masterização ficou por conta da empresa Absolute Master. A arte do single ficou nas mãos de João Duarte.

Contato: contato@saveoursouls.com.br

Sites relacionados:
www.saveoursouls.com.br
www.facebook.com/SaveOurSoulsPage
www.metalmedia.com.br/saveoursouls



Fonte: Metal Media

FUNERATUS: ‘Accept The Death’ está disponível!

Um dos álbuns mais aguardados do Death Metal nacional este ano, ‘Accept The Death’, terceiro full do FUNERATUS está oficialmente lançado.

O álbum, um lançamento em parceria com os selos Distro Rock e Extreme Sound, já pode ser comprado nas melhores lojas especializadas do ramo, com os selos ou diretamente com a banda por e-mail ou Facebook. O envio é feito para todo o Brasil.

‘Accept The Death’ foi gravado nos estúdios Sete Studio e Joca Miquinioti Studio, com produção da própria banda. Já para a mixagem e masterização foi entregue ao produtor alemão Andy Classen, responsável por trabalhos de bandas como Asphyx, Tankard, Krisiun, Belphegor, Destruction, Rotting Christ, entre outras. A capa foi assinada pelo artista brasileiro Alcides Burn, conhecido por trabalhos junto a grupos como Krisiun, Nervochaos, Blood Red Throne, Rebaelliun, HeadHunter DC e outros.

Confira o tracklist:

1. Accept the Death
2. Rise and Fall Again
3. Asphalt Eaters
4. Lost Souls
5. Indian Healing
6. Follow the Track
7. Victory
8. Vision From Hell
9. Endless Battle

O FUNERATUS disponibilizou uma faixa retirada do trabalho. A faixa leva o título de ‘Rise and Fall Again’ e o lyric video foi editado pela empresa Dangerous Minds Productions, assista:

Facebook: https://www.facebook.com/funeratusdeath/videos/1653013211451945/
YouTube: https://youtu.be/4xIK_riuqeQ

Contato: funeratusdeathmetal@gmail.com

Sites Relacionados:
www.facebook.com/funeratusdeath
www.metalmedia.com.br/funeratus



Fonte: Metal Media

The Osbournes está de volta, mas em podcast semanal

Você fez parte da geração MTV Brasil e sente saudades do reality show da família de Ozzy Osbourne? Pois está chegando a hora de você matar a saudade de Ozzy, Sharon, Kelly e Jack, pois eles irão lançar podcasts relembrando essa época!

A série de dez podcasts contará com todos os membros de The Osbournes falando e discutindo assuntos do reality show da MTV, que ficou no ar entre 2002 e 2005. Alguns convidados também irão participar dos programas, incluindo Sheryl Underwood, Carnie Wilson e o produtor executivo da série Greg Johnston.

Jack Osbourne conversou com o Hollywood Reporter sobre a ideia por trás do projeto: “Houve conversas sobre trazer de volta The Osbournes, mas jamais funcionaria, [então] eu pensei, ‘bem isso provavelmente ficará muito bom’.”

Para quem não assistiu o programa no início dos anos 2000, The Osbournes era um reality show que acompanhava a vida do líder do Black Sabbath e de sua família. Em alguns momentos, o programa mostrou a batalha de Sharon Osbourne contra um câncer e a luta de Jack e Kelly Osbourne contra álcool e drogas. Mesmo depois de muitos anos, a série continua sendo o programa original da MTV com maior audiência na história da emissora.

Sobre The Osbournes, Ozzy falou: “Era um programa de TV, que foi uma boa ideia e que saiu totalmente do controle. O maior erro que cometi foi deixar o programa ser filmado dentro da casa onde eu morava, ao invés de reproduzi-la em estúdio, onde eu poderia ir trabalhar e depois voltar para meu lar. Eu tinha equipes de cinegrafistas vivendo em sua garagem 24 horas por dia por três anos! Qualquer um ficaria louco no final.”

“Ninguém poderia prever o que aconteceria. Tudo começou com [nosso episódio de] ‘Cribs’. A MTV disse que muitas pessoas queria rever e pediam para exibir mais uma vez. Alguém disse, ‘Por que você não faz uma versão extendida de Cribs?’. Na época pensei ‘Podemos fazer isso’, mas depois tudo saiu de controle.”

Mesmo sem imagem, já estamos ansiosos para ouvir Ozzy Osbourne e sua família relembrando essa época! “The Osbournes Podcast” estreia no dia 5 de março, no dia do 16º aniversário da estreia do reality da MTV. Novo episódios serão lançados toda segunda-feira.

O post The Osbournes está de volta, mas em podcast semanal apareceu primeiro em Portal ROCKline | É só rock'n'roll!!!.


Fonte: http://portalrockline.com.br/the-osbournes-esta-de-volta-mas-em-podcast-semanal

BaianaSystem e Nação Zumbi unem forças no videoclipe de “Alfazema”

O BaianaSystem se uniu à Nação Zumbi em uma celebração pela memória cultural. A faixa “Alfazema”, lançada antes do Carnaval, acaba de ganhar um videoclipe. Dirigido por Filipe Cartaxo e Filipe Bezerra, o clipe foi gravado inteiramente em Salvador e reúne cenas captadas em festejos populares – com destaque para o dia 2 de fevereiro, no bairro do Rio Vermelho, onde centenas de pessoas dividem lugar para cumprir promessas e presentear oferendas a Yemanjá. O vídeo entrelaça lembranças e histórias, cheiros e memórias dos carnavais da Bahia e de Pernambuco, tão interligados por frevos e tambores.

O post BaianaSystem e Nação Zumbi unem forças no videoclipe de “Alfazema” apareceu primeiro em Portal ROCKline | É só rock'n'roll!!!.


Fonte: http://portalrockline.com.br/baianasystem-e-nacao-zumbi-unem-forcas-no-videoclipe-de-alfazema

O que os bebês e os vocalistas de metal têm em comum? Bruce Dickinson responde!

Bruce Dickinson participou do programa de TV britânico BBC Breakfast nesta quarta-feira (21) e falou sobre como vocalistas de heavy metal e bebês usam os mesmos instintos para proteger as vozes deles quando fazem barulhos altos. “Tem um capítulo na minha autobiografia sobre o funcionamento da técnica vocal, da voz — uma base mecânica das coisas. E eu falo que podemos aprender muito com os bebês. Quero dizer, com o barulho que aquelas pequenas coisinhas fazem. E eles nunca perdem a voz, certo? Bebês não têm medo de usar toda a força dos seus diafragmas. E eles têm pulmões bem pequenininhos, apesar do incrível barulho que fazem. Então, quando as pessoas dizem que elas não podem cantar, estão erradas. Elas apenas se esqueceram como fazer isso.”

O site Blabbermouth já havia apontado um estudo feito em 2017 por Krzysztof Izdebski, da Pacific Voice And Speech Foundation, que descobriu que quando a maioria das pessoas gritam, as cordas vocais delas colidem, o que pode causar hipervascularização, sangramentos ou inchaço. Mas Izdebski explica que os típicos gritos dos cantores de metal não provocam colisão das cordas vocais, o que significa que não há a formação de nódulos nocivos pela fricção. É a mesma técnica utilizada por crianças que gritam e choram por horas, e que ainda assim não têm nenhum dano permanente.

What Does This Button Do?, a autobiografia de Dickinson, foi lançada no fim de outubro nos Estados Unidos e em breve ganhará versão em português em maio. Assista à entrevista na íntegra (em inglês):

O post O que os bebês e os vocalistas de metal têm em comum? Bruce Dickinson responde! apareceu primeiro em Portal ROCKline | É só rock'n'roll!!!.


Fonte: http://portalrockline.com.br/o-que-os-bebes-e-os-vocalistas-de-metal-tem-em-comum-bruce-dickinson-responde

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Enterprise Project Management